Volúmenes recordes de chuva continúan provocando inundaciones en Santa Catarina

Os dias de tensão com or time instavel no Estado de Santa Catarina seguimos preocupándonos por la población de la región. Mmm ciclón extratropical agitou o mar na madrugada desse domingo (29). O viento si se intensifica, como rajadas na costa podem ultrapassar 100km/h. Una recomendación es evitar una navegação.

A chuvarada from última semana no estado chamou a atenção até da NASA. A Defesa Civil do Estado popularou que, de acordo com a análise do satellite TRMM (Misión de Medición de Precipitaciones Tropicales), lanzada en 1997 por la agencia espacial norte-americana, or volumen de chuvas registrado no estado foi o segundo mayor del mundo na semana que pasa. Este satélite está preparado para 7.482 eventos meteorológicos en todos los continentes. El mayor acúmulo registrado en la semana de Scoresbysund, en Groenlândia, olas choveu 255 milímetros en 24 horas.

En Santa Catarina, un chuva não deu trégua por 151 horas. A enxurrada destruiu plantações em Mondaí – a mais atingida, com 452 mm de água -, em Chapecó (421mm) y Joaçaba (345mm). Nos últimos oitos meses, houve alagamentos en todas las regiones de Santa Catarina. Em Rio do Oeste, esta es una segunda enchente de junho.

Os maiores volumes de chuva no estado foram no extremo-oeste, numa região que não era atingida por grandes enchentes desde 1983. Ao total, 39 ciudades catarinenses por afetadasalgumas ainda estão sumergibles – maíz de 41,7 mil pessoas não têm como voltar para casa.

uma aluvión particular en Ponte Serrada estourou em razão do exceso de chuva no oeste de Santa Catarina y pode inundar partes de cidade de Arvoredo. Buscar 25 Bombeiros de Chapecó y Concórdia estão nas cidades para auxiliar na evacuação de búsqueda de 30 familias de regiones próximas ao Rio Irani y ao Lajeado Leão. Também foi solicitó reforço de bombeiros de Lages.

De acuerdo con el subteniente del Cuerpo de Bombeiros de Chapecó, Nelci Dallagnol, a Barragem do Vaccaro – CGH (Central de Geração Hidroelétrica), estourou por volta das 14h30min, interrumpiendo o trânsito en BR-282, nesta última sexta-feira dia 27 de julho.

Una andanada a aproximadamente 56 km de Arvoredo. El rompimento ocorreu em uma região isolada and to wave de cheia debe pasar por cuatro PCH (Pequenas Centrais Hidrelétricas) antes de chegar no município. Una ola de cheia já passou pela PCH Celulose Irani. A Defesa Civil Estadual está monitoreando sua passem pelas outra três PCHs (Plano Alto, Alto Irani y PCH Arvoredo). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a barragem é de pequeno porte, mas devido ao nível alto do rio, a evacuação será feita de forma preventiva.

Fuente de la foto: fotospublicas.com