Síndrome de Gabriela: eu born assim, vou ser semper assim

«Eu nasci assim, eu cresci assim e sou mesmo assim, vou semper assim»… NADA PIOR HAGA ESAS GENTE ASSIM.

Síndrome de Gabriela: personas que justifican seu egoísta way de ser com a desculpa de ser “simplemente” assim. Também pode ser verificado naquelas falas do type, «cada um tem um jeito de ser», ou então, «seja você mesmo«.

Un Síndrome de Gabriela não é uma síndrome debidamente digitado, reconocido en Psicología. Mas nós brasileiros com nosso jeitinho de ser, achamos uma denominação perfeita para descrever certos tipos de personalidades, de pessoas resistentes às mudanças como diz a letra Modinha para Gabriela de Dorival Caymmi.

Perfectível y não perfeito

Para o historiador y el profesor Leandro Karnal, o homem es perfectível y não perfeito, a palavra perfeito significa completo, feito até o fim. Não sendo perfeito u homem es un proceso em construção.

Para a Psychology and para a Philosophy, a Síndrome de Gabriela não existe, dado que para essas materias, a pessoa is always passível de mudança, de aprimoramento e de transformação.

Logo, assim como ninguém is perfect, or homem must reconhecer seus defeitos bem como o das outras pessoas, como sendo uma brand natural do ser humano. E muito humildemente enxergar-se como um projeto que visa or aperfeiçoamento, provevelmente never encontrando a perfeição.

La cuestión es muy importante si alguém quiser viver em sociedade, pois a Síndrome da Gabriela atrapalha some kind of humane relação.

Sintomas del Síndrome de Gabriela

  1. São pessoas que não aceitam críticas
  2. São pessoas que pensam que não precisam mudar pois são os outros que devem se adaptar à ela.
  3. São de alguma forma narcisistas
  4. São perfeccionistas em algum grau
  5. São vaidosas
  6. egoístas
  7. Muy resistente a las mudanzas
  8. Podem ser criticas aos outros

Esses são alguns sinais, mas a feature marcante é aquella rigidez de caráter, justificada pela ignorância de acreditar que somos o que somos e não podemos mudar, as if tivéssemos nascidos prontos and finishs.

A solidão na Síndrome de Gabriela

Quem quer ficar com uma pessoa com Síndrome de Gabriela que não muda nem que o mundo acabe? Ninguém, seguro?

Pois nem siempre es assim.

Siempre existirá uma pessoa dispuesto a se submeter, a se adaptar, a implorar por afeto porque, quem tem Síndrome de Gabriela piensa así: se não me quer assim, tem quem queira.

E é provável que, de fato, a gabriela encontre alguém. Porém, alguém com autoestima muito duvidosa, afinal, em relacionamentos saudáveis ​​​​não existe que um se molde para agradar ao outro só porque o outro é uma pedra rígida implacável.

Perder o sentido de la vida

Verdaderamente seja los dedos. Pessoas com Síndrome de Gabriela perdem o maior sentido da vida que é o da evolução, seja como pessoa, seja espiritual.

Fechar-se em seu caráter justificando-se como natural: “eu nasci assim”, é jogar fora a oportunidade de ser melhor. Não há ninguém que não puede ser melhorado.

Fuentes:

  1. Leandro Karnal – Admiradores – Youtube
  2. Nós da Questão – Marcos Lacerda Psicólogo
  3. Ana Beatriz Barbosa – Médica Psiquiatra

A veces interesa ler também:

O que é intuição y cómo aumentar su poder intuitivo

Pessoas avarentas: o que leva alguém a ser tão avaro?

Lições de vida que muita people open when it is late demais

Como 5 Linguagens do Amor para entender or interest do outro

Dependência afetiva: o que é e como se livrar dela

As pessoas estão procurando namorado de forma errada, dizem pesquisas

Anuptaphobia: phobia de ficar solteiro, sozinho ou «pra titia»

Pirâmide de Maslow: en Hierarquia das Necessidades y en Autorrealização

Por que as pessoas traem? Os bonzinhos são mais chifrudos, revela nova pesquisa