Si o pobre não logra vivir como pobre, ¿por qué Gwyneth Paltrow logra?

Tendo aceitado participar de la campaña (#FoodBankNYCChallenge), que consistia em fazer compras sin supermercado com 29 dolares por semana, Gwyneth Paltrow doou dinheiro para o Banco de Alimentos Para New York City, não consequindo chegar ao final da semana cumprindo o desafío.

Por quatro dias a atriz, juntamente con un equipo do seu site Goop, levram avante a tentativa, pero ela, a menudo, desistiu.

Tudo bem, fazer o quê? Fue de se esperar, até mesmo por ella, que já havia desconfiado que não daria conta do recado. Yo para pobre não sigue viviendo como pobre por que Gwyneth, ou qualquer outra pessoa, contiiria? If a intção da campanha was a de provar que é impossível viver com aproximadamente 1,38 dólares por refeição, lograr. Mas mais que isso, esperamos que tenham logro chamar a atenção para a questão da fomede desigualdade de salários y de dificuldade de se alimentar bem.

Como argumento a atriz no sitesi já è muito difícil de lograr como com a quantia estipulada no desafio, é impossível, com pouco dinheiro, comer bem pois, alimentos melhores, mais saudáveis, custam mais.

Com toda a dificuldade porém, a equipe tentou and achieu criar 3 receitas saudáveis ​​dentro del orçamento Apertodo: uma de tacos de feijão preto, uma de bolinho de feijão con salsa de milho y outra de arroz integral con couve, batata-doce y ovo.

O Banco de Alimentos Para Ciudad de Nueva York Es una entidad importante que no está gobernada por el gobierno por lo que tiene maíz de 30 años. Quase um em cada cinco nova-iorquinos precisam de instituições como estos (bancos de alimentos) para comerem e contiirem outros recursos. O Banco oferece mais de 63 milhões de refeições grátis aos cidadãos nova-iorquinos necessitados.

A campanha usou mesmo famosos como Gwyneth Paltrow para chamar en atención y pedir doações à organização. Y que mal há nisso? Aliás, para nósfica sempre o exemplo do não desperdiçar y hacer consumo consciente.

Leia también: Gwyneth Paltrow eo desafio de viver com solo 29 dólares por semana

Fuente de la foto: metro.es