Sema investiga si houve dano ambiental na cachoeira pintada de azul

O vídeo já viralizou. Nele, aparece a party ao pé de uma cachoeira com uma queda d’água tingida de azul, um casal abraçado, bichos feitos com balões and vários convidados no local.

Publicado no Instagram, or video foi apagado depois da repercussão negativ que gerou, e as contas do casal foram deletadas. Una cachoeira teria pintada de azul con un “chá revelação” que anunció un espa de um filho do sexo masculino do casal. O event aconteceu no último domingo, 25.

Segundo apurou o G1 Mato Grosso, una celebración ocorreu em uma propriedade privada cortada pelo Rio Queima Pé, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. O rio se encuentra dentro de un Área de Preservación Permanente (APP).

En la Secretaría de Estado de Maio Ambiente de Mato Grosso (Sema-MT) está averiguando si han dado causa ambiental tirando cabello de tinte azul na água da cachoeira.

Tingir a água de rios es delito, siguiendo una Lei dos Crimes Ambientais (Lei dos Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 13.02 / 98).

O responsável pela fete informou que não foi used used used químico na água, mas que só iria se pronunciar depois da fiscalização da secretaria.

Veja o video:

Fiscalización

Em notas enviadas pelas secretarias do estado e do município, publicadas no G1, lê-se:

“A Sema-MT notificará a los propietarios del área para que eles informen quem foram os responsáveis ​​​​e irá apurar se houve dano ambiental,depending in material lançado na água.

Un equipo compuesto por Sema-MT por dois servidores y cuatro servidores de Secretaria do Município de Tangará da Serra estão no local and adjacências apurando a denúncia ”.

Nota enviada a la Secretaría Municipal de Medio Ambiente de Tangará da Serra:

«As equipes de Fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em conjunto com a fiscalização da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) estiveram no local da ação e estão processing todas as informações que foram coletadas, tanto como partes envolvidas así como dos dados ambientais».

Advertencia ambiental

Además de la boa da história, está el foi o próprio público para denunciar o mau gosto do casal em fazer a party ao pé de uma cachoeira. La história muestra como vem aumentando a la consciência ambiental nas pessoas.

Asistiendo a un vídeo vemos que não é “apenas” o teñido de água que choca. Es una idea propia de festajar en un lugar tan lindo, natural, preservado, olas o riesgo de contaminación por plástico, bebidas y comidas es seguro.

A poluição sonorous causado pela festival na fauna local também debe ser considerado.

¿Y os bichos compostos de balões de festa? Será que também teve lanzamiento de balões a hélio no ar? Balões poluem tanto, são feitos de plástico, demoram séculos para se decompor, sufoca aves and animais marinhos.

  • As terríveis imágenes de balões que estão matando os animais (e poluindo os oceanos)
  • Soltar balões para comemorar or Ano Novo is a pior coisa que você pode fazer

Una fiesta debe ter custado caríssimo, além de tudo. O mau gosto não tem a ver com dinheiro. Desafortunadamente, no es una primera vez que vemos historias de tipo. Vamos levantando la conciencia ambiental às pessoas pois às vezes não é maldade, às vezes é apenas ignorância.

Veja iso:

  • Festa de casamento con borboletas: a nova loucura humana

A veces interesa ler também:

Canguru fere and mata homem, ao impedir os socorristas de salvá-lo

Milhares de pene de burro encontrados para fazer «milagrose elixir»

Vídeo de ondas colossais en Saint Malo, Francia, viraliza nas redes