Polêmica: Instituto Onça Pintada niega acusações do IBAMA sobre morte de animais

El Instituto Onça-Pintada (IOP), con sede en Mineiros (GO), foi criado en 2002 con una misión de promover la salvação da onça-pintada y outros animais silvestres. Fine hair IBAMA por negligência and maus-tratos que teriam levado 72 animais à morte, or IOP é agora alvo de grande polêmica, pois nega as acusações do IBAMA, tendo ainda or Government de Goiás a seu favor.

O case se tornou muito polêmico nos últimos dias y gerou grande repercussão nas redes sociais, causando tristeza y revolta, tanto de queles que acompanham o trabalho do IOP, como de quem não o conhece.

It situação tem dado muito o que falar e ainda precisa ser bem esclarecida, para evitar que o animais em criadouros corram risos em sua preservação.

Entenda melhor toda esta grave situação com como informações a Seguir.

Relación del IBAMA

El IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) atestigua negligencia e imperícia do IOP no trato dos animais que abriga em su sede, por meio de um relatório divulgado con exclusividade para o site Metrópoles.

Seguem dados deste relatório, synthetizados pela jornalista Mônica Nunes em matéria para o Conexão Planeta:

O document relata que pelo menos 72 animais morreram – 52 de espécies ameaçadas de extinção, durante 5 años, em:

  • 2017 -> 26 animales
  • 2018 -> 5
  • 2019 -> 2
  • 2020 -> 35
  • 2021 -> 4

Entre os animais que vieram a óbito nas instalações do instituto estavam onças-pintadas, macacos, tamanduás, cervos-do-pantanal, lobos-guará and aves como tucanos e araras vermelhas.

As causas apontadas foram enveninio (devido à falta de cuidado nouso de veneno contra ratos), infestação de pulgas, ataques de abelhas, picada de serpentes, ataque de animais com os quais viviam no mesmo recinto ou predação por animais selvagens que invadiram o criadouro .

O órgão ambiental destaca que os registros de mortes nesse superan recinto em 3 veces os de nascimentos.

O IBAMA afirma que “seja por negligência ou imperícia, a condução de procedimentos adopted no Instituto Onça-Pintada resultou na morte de, ao less, 72 animais de 2017 to 2021 ″.

Multas y Penalizaciones ao IOP

Em virtude das mortes dos animais, em junho deste ano, or IBAMA multou or IOP em R $ 452 mil, além de embargar algumas de suas atividades, as:

  • divulgar imágenes de dos animales
  • pedir doações
  • recibir visitantes y novos animais
  • destiná-los para outras organizações
  • promover su reproducción

Esse embargo permanece até que or IOP apresente novos planes de conservacionista, adequados a um criadouro conservacionista.

Defensa dos Responsáveis ​​​​pelo IOP

Ontem, 22 de agosto, los biólogos, fundadores y responsáveis ​​​​pelo IOP, Leandro Silveira and his exposa Anah Tereza de Almeida Jácomo, se manifiestan por meio de um vídeo publicado en sus redes sociales e da instituição.

Antes de falar do asumido, Leandro explicó que a demora em se manifiesta frente a às acusações se deu em virtude do falecimento de sua irmã.

Asistir o video dos exclarecimientos de Leandro y Anah frente a las acusaciones:

Nota dada por Semad

Sigue una nota feita pela Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), do estado de Goiás, manifestando estranheza frente a às sanções do IBAMA y demostrando apoio ao IOP:

Semad ressalta that part das mortes ocorreram na gestão do IBAMA

Em um trecho da nota acima é pontuada a este «que parte dos óbitos autuados ocorreram cuando un gestão do criadouro fue realizado por IBAMA hair».

To note ainda diz that all as instalações, except for a que sofreram signat melhoria, foram avaliadas pelo próprio IBAMA and que causa estranheza that some 7 anos after a emissão da autorização, or órgão federal venha realiza tal fiscalização, sem comunica ação com alguma.

Reportagem sobre o caso

Veja un reportaje de hacer Diario Noticias 19 horaspublicado sin canal Grabar noticiasactualizando sobre el caso y anunciando que o IOP afirmou que já apresentou a defesa junto ao Ibama:

Levantamiento de problemas y soluciones

Uma questão es cierta, um criadouro ou santuário de animais silvestres precisa de supervisión, organización, apoyo y recursos, tanto para parte del gobierno, como para órgãos públicos, como o IBAMA, y também da sociedade civil.

Inclusive, o simplemente IBAMA já passou por problemas como notamos en:

  • A porteira da boiada fechou: Ricardo Salles y agentes do Ibama são investigados pela Polícia Federal
  • A pressão funcionou: Ibama contrata tratadores de animais
  • 600 animales morrem en centro de tratamiento Ibama por falta de funcionários

Por tudo isso, es preciso avaliar todos los lados envolvidos nessa questão para sanar falhas, dificuldades e deficiências, levantar solucionesdesconcertante reformulaciones y até desenvolver boas parcerias, a fim de promover, am primer lugaro bem-estar dos animaleso que infelizmente no vem ocorrendo.

Fuentes:

Para más conteúdos sobre problemas que afetam os animales silvestres, a veces interesa ler também:

O boto cor-de-rosa está em perigo: le está prohibido sacar fotos y alimentar a los animales silvestres

Para evitar futuras pandemias: petição online para acabar con com o comércio de animales silvestres

¿Es positiva una intervención de homem na recovery de animais silvestres?

Alimentar aves silvestres puede perjudicar a los animales

Monkey Island: o infierno dos macacos y outros animais

Por que não se debe alimentar peixes y outros animais marinhos

Milhares de animales salvajes comercializados en malas condiciones de higiene en China, antes de la pandemia

Mata Ciliar: una Asociación que protege la fauna, la flora y la resgata de animales del tráfico

Tráfico de animales, um crimen perverso sustentado por você!

Youtube, pare de exibir y monetizar videos de caça de animais silvestres