Pérdida de helada polar tem sido maíz acelera de lo esperado

embora os efectos del aquecimento global sejam percebidos há algum tempo, and apontados por cientistas, ambientalistas and outros estudiosos, or process parece estar se agravando a um ritmo inesperado por esses analistas.

Alerta verde

Prueba disso è o ritmo acelerado que como duas maiores camadas glaciares superficie da terra estejam losing suas massas de gelo. Esses locais, Groenlândia y Antártida, tem perdido uma média de 500 km cúbicos en cada año – sendo 125 km3 de Antártida y 375 km3 de Groenlandia -, siguiendo un rastrillado de sonda CryoSat-2, de criação europeia. Esse instrumento já faz essa coleta de dados desde 2010, para a União Europeia.

Como es feito o calculo

Para que se chegasse a tal percepção, foram utiliza 200 milhões de pontos de apoio de dados na Antártida, além de outros 14.3 milhões na região da Groenlândia. En la medida, portanto, está equipado por medio de un altímetro tecnológicamente avanzado y preciso, capaz de emitir pulsos de radar cortos en la zona superficial de las heladas. Como el tiempo de trayectoria de una onda, se puede percibir a la altura del gel, que está abaixo da probe.

Desde que os estudos começaram, na década de 1990, or rhythm of polar derretimento não tem sido tão intenso. Ningún caso de uma das principais geleiras de Groenlândia, Jakobshavn, tem havido a maior perda de gelo.

É incrível reparar que, mesmo com tantas evidencias y pruebas científicas, ainda existe quem negue a ocorrência do process de mudanzas climáticas, precipitado pelo aquecimento global. Muitas dessas pessoas sustentavam a opinião de que o que estava sendo perdido na area do Ártico, si compensó, por medio de un aumento de heladas en la Antártida. Este experimento, publicado en el jornal britânico El guardiánquebra tal teoría y maíz: ainda expõe que o rhythm de perda de massa de frost from Antártida is muitas vezes superior that a média do planeta.

Foto: Gioia Riccioni