Nuvem de gases tóxicos en la Baixada Santista

Maíz ácido ambiental de proporciones o corre na Bajada Santista. Na qinta feira (14), sin terminal de Localfrio, Guarujá, ocorreu a Liberação de uma grande nuvem de gás resultante de reação de um compuesto de cloro como água da chuva que caía en la región. A nuvem toxica invadiu o bairro de Vicente de Carvalho, o centro de Guarujá y os bairros de Santos y, de acuerdo con os ventos, go-se dislocando cabello continente.

Ja são 4 os municipios afectados: Guarujá, Santos, São Vicente y Praia Grande.

A CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – está procediendo como análises necessárias para detectar que type of contaminantes foram liberados na atmósfera más, até o momento, nenhum comunicado oficial foi popularado, o que deixa a população da região sem orientação clara.

Em princípio se falou da liberoção de gases dechloro and amônia mas outros muitos, ainda desconhecidos, foram também liberados when do fuego que ocorre ainda no local, queimando outros contenedores cargados com químicos producidos.

O primeiro contenedor afetado pela chuva e que liberou o gases toxicos estava cheio de ácido dicloroisocianúrico em forma sólida que, em contada como água, entra en em reação al pasar a una forma gaseosa. Ellos gás causa náuseas, ardência nos olhos, irritação na pele y dificuldades respiratorias. Segundo a Cetesb, este contenedor no está vedado de forma adecuada.

A CETESB, a Defesa Civil, os bombeiros, pedem, em várias notícias dos jornais locais, que os moradores se desloquem para regiones no contaminadasque não saiam de casa, no fiquem à chuvaque usar máscarasque fechem como casas from maize hermética possível, enfim, que se protejam como possam. En Cetesb también informo que: “Es uma fumaça toxica que se desloca facilmente. As pessoas devem tomar cuidado. En Cetesb orienta que quem está fora da região fique fora da região. Quem está no Guarujá debe ficar longe dos Terminis”, sigue Enedir Rodrigues, gerente ambiental de Cetesb Baixada.

Outros terminiis também foram interditados – TGG, Termag, Local Frio and Santos Brasil – y en un momento, 25 contenedores foram afetados pelo incêndio, que ainda não está controlado.

Fuente de la foto: diario de turismo