Ministério do Meio Ambiente quer recuperar áreas da Amazônia em situação de abandono

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) se divulgará hasta el 2014, os datos del proyecto TerraClassobtenido en 2012. Realizado em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o projeto mapeia o use das áreas desmatadas na Amazônia.

Os últimos dados, referencias a 2010, apontavam que 22% del área desmatada até 2009 (165.2 mil km²) consiste en áreas abandonadasy que estavam em process de regeneração.

Como áreas de pastagens eram o maior percentual, ocupando el 66% del total desmatado (460 mil km²). Y la agricultura ocupó el 5,4% de la desmatación total (40 mil km²).

El Ministerio del Medio Ambiente declarar ser preciso acelerar o proceso de recuperación del abandonos.

Além disso, o Inpe ainda precis divulgar os dados do Projeto de Monitoramento da Floresta Amazônica por Satélites (Prodes) – uma avaliação, ano a ano, over or desmatamento por court satin, na região da Amazônia Legal, por meio de imágenes de satélites.

Em contrapartida, os dados mais relevante, do DETER (Detecção de Desmatamento em Tempo Real), em outubro de 2014, até o momento.

Leia también: