La autoestima si desenvolve, não se ensina

Para enfriar a la gente na dúvida – alabanza os filhos ir a aumentar, ou não, como possibilidades de que eles tenham alta autoestima? ¿Y tú cómo contribuyes a que eles sejam felizes, no future? Bom, eu creo que autoestima si se desenvuelve durante una vidanão se ensina.

Na minha experiência aprendi que, não está alabando, equivocadamente y decir, que a people faz bem à autoestima de qualquer pessoa. Menos ainda, no case das crianças.

Cuando você cria um modelo de «elogio a todo custo», una criança si se siente insegura. claro, o que vale è o alabanza sincera, verdadeiro, y no moment em que é necessário. Y, cuando es «a todo custo», cunt longe da sinceridade.

más, para quê tanto elogiominha gente, si o difícil mesmo è a pesoa, grande ou pequena, ser aceita como es?

Sim, piensa comigo. O maíz importante para una vida de qualquer um, é ou não é, para la gente ser aceito como es?

Então, com sus crianças, incentivo – a independencia de acciones (se vestir sozinho, comer sozinho, dormir sozinho), como decisões, de acordo com a faixa etária (quer ou não quer, gosta ou não gosta, vai ou não vai), como conquistados y aprendizados (passou na prova, estudou, construiu o castelo de areia, pediu desculpas ao amigo, limpou o chão que sujou), ea autoaceitação (eu te amo como você é, ponto).

Porque un baja autoestima tem tudo a ver com isso – com não ter ouvido, sentido o «eu te amo como você é«.

Então, dando una bóveda na questão, es o ejercicio de amor incondicionalde prueba de aceitación a todahacer apoio siempre presenteque estabelece como bases para la estructuración de la autoestima en la crianza y, despierto, para o futuro adulto. Mas, sem limites claros, isso não ajuda também. Limites são indispensáveis ​​​​na vida e devem ser aprendidos desde cedo. São a base de convivência respeitosa entre iguais y até, entre espécies diferentes. O respeito à vida, de outros seres, is learn assim como or respeito à diversitye (ou à biodiversidade), and tudo isso tem a ver com confine de ação.

Establece las bases de comparación entre niños (você é mais linda que ela, o seu vestido é muito mais bonito, você tem mais brinquedos que a sua coleguinha, and por aí vai) no eleva la autoestima de ninguém mas sim, cria parametros falsos para a vida real gerando um motor interno de competitividade que não dar paz ao future cidadão. Competindo eternamente para ser sempre o melhor, da classe, da casa, do bairro, da mamãe, do trabalho, este será um un infeliz eternamente insatisfeito conseguir mesmo.

Mesmo fundamental é a la gente, pelas nossas ações, ensinar a criança a ser empática, resiliente, tolerante, solidária, a se amar a si propria y, en consecuencia, ao próximo, a ser disciplinada porque esta es una necesidad de vidaa manter a limpeza porque senão vivemos em um chiqueiroto be independent, as much as possível, pois só assim ela poderá, no future, se tornar um adulto constructivo.

Maíz Leia: EMPATIA, RESILIÊNCIA, TOLERÂNCIA: HABILIDADES EMOCIONAIS QUE DEVEMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS

E, olha, o mesmo maíz importante es a la gente transmitir paz de espírito. Uma criança com paz de espírito não será nem ansioso, nem egoísta, nem intolerante, nem abusive pois essas são consequências da carência emocional and insegurança sobre si mesma.

Mas, lembre-se que, cada criança es um ser únicosem modelo anterior, com suas fragilidades, debilidades, heranças e, inclusive, com a sua propuesta de vida, mesmo esta absolutamente inconsciente seja. Então, olhe para o seu filhote y, simplemente, aceite-o incondicionalmente. Demostrar isso de todas as maneiras possíveis (mas não use o «comprar» como demonstração – use o Amaro abrazaro afagarnão o ego mas sim, a alma).

¡A vida simple está en melhor escola para a vida!

Especialmente escolhidos para você:

PAULO FREIRE, “PORQUÊ” Y “COMO” APERTURA DE SER ÉTICO

RESILIÊNCIA: 7 PRINCÍPIOS BÁSICOS PARA SUBIR NO BARCO VIRADO

MEDITAÇÃO PARA CRIANÇAS: TÉCNICAS Y BENEFICIOS

PAULO FREIRE – MESTRE BRAZILIRO DE AMOR, SOLIDARIEDADE Y EDUCAÇÃO