Gobierno busca promover o aumentar el parto natural en Brasil

Boa noticia para o Brasil: o gobierno, vía Ministério da Saúde y Agência Nacional de Saúde Suplementar, aprobou nuevas reglas que visam diminuir o número de cesáreas e promover o parto natural.

Pela nova regiacomo usuárias poderão pedir aos seus Planos de Saúde, os porcentajes de cesáreas y de partos normales por establecimiento de salud y por médico. En caso de descumprimento da regra por parte do Plano, será aplicado multa sin valor de R $ 25 mil. Além disso, operadoras terão que disponibilizar informações para a pregnant woman and orientar médicos para use do partogramadocumento para são feitos registros de tudo o que acontece durante o trabalho de parto.

Tais informações deverão estar disponíveis no prazo maximo de 15 dias, campesino from date of solicitação. Corrientemente, 23.7 milhões de mulheres são beneárias de Planos de Assistência Médica com atendere obstétrico no país, público-alvo dessas medidas.

Una cesárea, cuando não tem indicação médicaocasiones risos desnecessários à saúde from mulher and do bebê: aumenta em 120 veces al probabilidade de problemas respiratorios para or recem-nascido y triples o risco de morte da mãe.

Outra mudança trazida pela nova resolução é a obrigatoriedade das operadoras fornecerem o carta de gestante, de acuerdo con el padrão definido pelo Ministério da Saúde, no qual deverá constar or register de todo or pré-natal. De posse desse cartão, qualquer profissional de saúde terá conhecimento de como se deu a gestação, facilitating um melhor atendere à mulher when ela entrar em trabalho de parto.

No final do ano passado a ANS abriu uma Consulta pública para diminuir o número de cesáreas. Ao longo deste ano, diversas iniciativas desta Agência serão voltadas para o incentivo o parto naturalcomo participação da Agência no Grupo de Trabalho coordenado pelo Ministério da Saúde para a elaboração da Diretriz Clínica para o Parto; a promoção de um seminario sobre boas práticas na atenção ao childbirth and birth; estímulo para la habilitación de hospitales privados de inicio Hospital Amigo da Criança and da Mulher; y desarrollo del Plano de Cuidado Nascer Saudável. Também terá tendencia o proyecto piloto de atención al parto y parto implementado desde octubre de 2014 em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein y o Institute for Healthcare Improvement (IHI).

Para conhecer os detalhes das novas regiras, camarilla aqula.

Leia también: Beneficios de la actividad física para una gestación

Fuente de la foto: imagenesgratis.com