Chá de boldo: beneficios y precauciones de su toma

As plantas ou os seus extratos são utilizados há milhares de anos como agentes promotores de saúde. Um desses exemplos es o cha de boldo (peumus boldus), obtenido de uma árvore de origen chileno, y que se utiliza en la medicina tradicional local há varios séculos.

Presenta varias propiedades fitoterapeuticas alegadas, incluido o tratado de dolores de cabeza, reumatismo, dispepsia, dolores menstruales, inflamação do trato urinário y distúrbios de ansiedad, asociado a supostos efeitos sedativos e hipnóticos.

A descoberta dos processos oxidativos como potenciadores de certas doenças, como a doença cardiovascular, cancer and neurodegenerative doenças and inflamatórias deu origem ao estudo de novas moleculas com propriedades antioxidantes.

Foram descobertos vários textos farmagnósticos, pharmacopneias and livros that listm os therapêuticos do boldo enquanto colagogo agent (contrator da vesícula biliar) and colerético (ajuda na produção de bílis) and, portanto, uma das maiores propriedades digest function.

No entanto, as indicações para or use do chá de boldo são tão extremadamente abrangentes como insustentadas pela ciência, podendo esta planta apresentar sérios risos para a saúde, especialmente por interneção com certos medicamentos.

Características do boldo

Como folhas do boldo contienen entre 0,4 y 0,5% de pelo menos 17 alcalóides diferentes, sendo a boldina o mais abundante (correspondiente a 12-19% del conteúdo total de alcalóides). Para além disso, o seu conteúdo em taninos, óleos essenciais, flavenóides – as catequinas – and os ácidos gálico and tânico contribui para o poder antioxidante do boldo.

Chá de boldo: uso médico

O utilice de folha do boldo na medicina tradicional, seja na forma de chá ou de extrato etanólico, está bem documentado y é aceite para o tratamiento de digestivos ligeiros distúrbios. No entanto, devido a possível presencia de um compuesto tóxico – o ascaridol – apenas são recomendados os chás ou extratos aquosos para consumo humano.

Para o alívio dos sintomas de dyspepsia and espasmos gastrointestinalis são recomentadas as Seguintes preparções:

  • Sob a forma de chá / 1 a 2 gramas de boldo, 2 a 3 veces al día;
  • Extrato seco, para toma oral / 200 a 400 mg, 2 veces al año.

Chá de boldo: dados não clínicos

Efeitos coleréticos (extraído de folha de boldo)

Vários estudos, bastante antigos y em modelos animais, referem efeitos positivos do extrato de folha de boldo na produção de bile. Sin embargo, las experiencias posteriores refutaron estos resultados, después de una administración oral, intraduodenal o intravenosa de cantidades variables de extrato en su forma seca o en solución.

Efeitos coleréticos (boldina)

Maíz recientemente, o efeito colerético para investigar en modelos animales después de la administración intravosa de boldina durante 28 días, tiendo a verificar un aumento del 40% sin flujo biliar, tanto en animales saudáveis ​​como naqueles em que a cholestase ha sido induzida.

Una administración de 50 mg/kg/día por vía gástrica, durante o mesmo período de tiempo, produce también un aumento en la producción de bilis, pero no forma tan acentuada.

Num outro estudo foi avaliada a eficácia da boldina enquanto preventor da colestase em ratos submetidos a uma diet rica em hidratos de carbono refinados. Aqui foi demonstrado que, para além de potenciar a excreção de bílis, a boldina promove a excreção biliar de glutationa, un importante antioxidante, esencial para el sistema inmunitario.

Chá de boldo: farmacodinamia secundária

A boldina é o alcalóide major from folha de bolbo, sendo responsável pelos efeitos anti-inflamatórios, antipiréticos, antiaterogénicos, antiagregantes, antitumorais y cytoprotetores descritos con frecuencia.

Los estudios recientes también demostraron el efecto antiproliferativo de la negrita en las células de la bexiga en los humanos y las propiedades antitumorales de los modelos animales.

Corn recientemente foi demostrado que a boldina tinha a capacidade de estimular a apoptose (morte celular programado) in vitroTiendo un potencial papel antitumoral en modelos animales con cáncer de mama.

Efeito laxante (extrato de folha de boldo)

El efecto laxante del boldo foi demostrado en modelos animales después de una ingestión oral de 400 a 800 mg/día, durante 8 semanas.

Efeito relajante muscular (boldina)

A boldina apresentou-se como potencial agente relajante muscular, dependiente de la dosis com efeito, na musculatura lisa do íleo de modelos animais; para além disso, a boldina parece potenciar o relajar el efeito de la acetilcolina en la zona del intestino.

Efeito antioxidante (extrato de folha de boldo y boldina)

Vários estudos demostrados o potencial antioxidante tanto extrato de boldo como aislado de boldina. Entre eles, alguns demonstram o efeito hepatoprotetor em células isoladas do fígado ea redução do dano oxidativo nas mitocondrias do fígado de ratos.

En este caso, los autores concluyeron que o efeito antioxidante se atribuyó a los compostos polifenólicos presentes no boldo y na boldina. Vários outros estudos confirmam a ativitye antioxidante do extrato of boldina na prevenção da peroxidação lipídica em fígados de ratos doentes bem as nas celulares cerebrais, or that sugere that this compostos possam ter um papel important no combat às doenças neurodegenerativás.

Efeito antiinflamatorio (extrato de folha de boldo y boldina)

O extrato de folha de boldo, administrado intraperitonealmente em ratos com edema induzido pela carrageenan – um extrato de alga vermelha com potencial pro-inflamatório e carcinogénico -, mostrou-se capaz de reduzir a inflamação. O mesmo não se verificou com a boldina. No en tanto, cuando se administra por vía oral y para o mesmo fim, a boldina demonstrou o mesmo efeito anti-inflamatório.

A administração intraretal de boldina mostrou-se ainda eficaz na redução da inflamação no case of colite aguda em models animais.

Efeito antipirético (boldina)

Em animais, a boldina reduziu a hipertermia induzida por bactérias modelos pirogénicas.

Por todos estos efeitos compuestos en modelos animais, tanto o extrato de boldo como a boldina têm vindo a ser used ​​no treatment de doenças as pedras na vesícula, rheumatismo, infeções urinárias, doenças do fígado, ansiedade, obstiigepação and difference. No entanto, o seu papel em humanos está apenas confirmado que no combate aos distúrbios digestivos.

De acordo com a forma de apresentação, como já foi referido, pode ocorrer intoxicação por ascaridol, bem como algumas entições medicamentosas graves. Muitos autores não concordam com o efeito hepatoprotetor do boldo.

Chá de boldo: RISCOS e INTERACOES

Chá de boldo, gravidez y aleitazione

O boldo pode não ser indicado para grávidas e lactantes devido ao ascaridol.

Chá de boldo and problemas de vesicula

O papel do boldo na produção de bílis y contração da vesícula biliar são factos conhecidos y já referidos.

A bílis sai da vesícula através dos ductos biliares, tendón um importante papel na digestão das gorduras no intestino. No entanto, em case de bloqueio destes ductos – como acontece no case da presença de pedras na vesícula – or papel do boldo pod ser mais deletério do que benéfico.

De salientar que a doença biliar es precursor de doença hepática crónica pelo que o boldo, cuando está mal prescrito, puede ter um papel negativo na saúde do fígado.

Chá de boldo y doença hepática

Cuando preexistente, não se recomienda una utilización de boldo en el caso de doença do fígado.

Embora vários estudos refiram que as propriedades antioxidantes do boldo se manifestam e mais saúde hepática a truee é que foram reports cases of hepatotoxicidade induzida pelo boldo, inclusive o de uma mulher de 72 anos que desenvolveu uma hepatoma do após a toma extra com esteatose hepática ( fígado gordo) que withinu em falência hepática aguda después de usar uma mezcla de ervas – contendo boldo – como laxante durante alguns anos.

Chá de boldo e internoção com o lítio

Devido ao possível efeito diurético do boldo, a concomitant toma com lítio – uma substância utilizada como estabilizadora de humor – pode diminuir a excreção deste medicamento.

Como principais manifestações clínicas da intoxicação por lítio são as gastrointestinais (náuseas, vómitos, diarreia) y neurológicas (lentes-ficação, fala arrastada, ataxia, confusão, agitação, irritabilidade neuromuscular, myosones, fascosões; convulsões, estado de mal não convulsivo, encefalopatía).

O el tratamiento pasa por hidratação intravenoso y hemodiálise.

Chá de boldo and interoção com medicamentos hepatotóxicos

Tal como não se recomienda a toma de boldo na doença hepática pre-existente, também se acautela a sua toma com medicamentos com efeitos negativos no fígado já bem estabeledidos.

Algunos ejemplos incluyen paracetamol, amiodarona, carbamazapina, isoniazida, metotrexato, metildopa, fluconazol, itraconazol, eritromicina, fenitoína, lovastatina, pravastatina y simvastatina.

Chá de boldo, anticoagulantes y antiagregantes plaquetarios

O boldo pode alterar o proceso de coagulação sanguíneo, potenciando a perder exceso de sangre. Pela mesma razão que se recomienda a suspensão da sua toma pelo menos 2 semanas antes de uma cirurgia programada, también se aconselha precaución cuando há toma de anticoagulantes orais (ACO) como aspirina, clopidogrel, diclofenaco, ibuprofeno, naproxeno, dalparina, heparina, warfarina entre otros.

Dosagem de chá de boldo

Ao contrário de quase todos los suplementos a base de plantas, o boldo está aprobado pela Administración de Alimentos y Medicamentos (FDA) para o tratamiento de distúrbios digestivos leves y de distúrbios hepatobiliares. Para o alívio dos sintomas de dispepsia y espasmos gastrointestinales são recomiendas preparaciones sob a forma de chá ou toma de extrato seco, 2 a 3 veces al día.

A quantidade apropiada de boldo depende de varios factores, incluyendo a idade, estado de salud y presencia de patologías específicas que possam vir a piorar com a toma deste suplemento.

Uma vez que não há muitos estudos sobre a segurança do boldo em humanos, também não há dose estándar definida, excepto en los casos já referidos.

Certifique-si eso sigue como instruções de utilização do produto, aconselhando-se com o seu pharmacoutical, medical or nutricionist antes de iniciar a toma de qualquer suplemento.

Conclusión

De análise extensa from literatura disponível, ainda é impossível apontar benefícios reales à toma de boldo.

O chá de boldo parece estar asociado al tratamiento de distúrbios digestivos leves y de distúrbios hepatobiliares, embora, pela presença de ascariol, apenas sejam recomendados como seguros os chás ou extratos aquosos para consumo humano.

A sua toma não é aconselhada em grávidas e aleitantes, bem as a pesoas com problemas de fígado. Es posible que haya inteção com medicamentos com efeito hepatotóxico y ACO pelo que en su toma siempre debe hacer conhecimento do médico, pharmacêutico ou nutricionista.

Devido a la mayor parte de dos estudos analizados serem em modelos animais, não podemos transportar de forma directa os efeitos anti-inflamatórios, antipiréticos, antiaterogénicos, antiagregantes, antitumorais y citoprotetores frecuentemente citados para humanos.

Artigo publicado originalmente en enero de 2020. Actualmente publicado en 2022.