ANVISA reconhece métodos alternativos aos testes em animais

A la Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) Levou al público a aprobación de 17 métodos de estudo, que não envolvem sufrimiento animal. Entre os itens que e entrarão nas novas regis estão: disfraces, medicamentos, productos de limpezaentre outros que sujeitos à ação da Vigilância Sanitária no país.

Por que são feitos os testes?

Testes laboratoriais são importantes, porque a ANVISA fica conhecendo qual a segurança de cada producido. Evidentemente, só serão permitidos como alternativas de testes reconhecidas pela Agência.

Alternativas que dispensan animales

Entre como opciones que a ANVISA pasará a considerar estão a piel artificial – que mede tolerância de diversos produtos e cujos resultados são bastante fidedignos ao Uso humano -, bem como o método in vitropor meio de culturas de células, que podem medir danos a DNA de substâncias.

Una determinación de ANVISA

A decisão, tomada no dia 21, foi motivada por order do Consejo Nacional de Control de Experimentación Animal, que solicita formalmente una manifestação da agência. Una importante decisión de dessa de maíz es que os produtos que forem testados segundo os novos métodos serão reconhecidos pela ANVISA, como si tivessem hubiera sido testados da forma tradicional. O prazo para que laboratórios encerrem or use de animais como cobaias es de 5 años2019. Os mesmos métodos agora reconhecidos em níveis nacionais já são utilizados internacionally.

Estamos felices 🙂

Lea también: Conheça alternativas ao use de animais em experimentos laboratoriais

Fuente de la foto: telegraph.es